Micropigmentação Capilar

A micropigmentação capilar é indicada para camuflar a calvície ou cicatrizes no couro cabeludo. Pacientes que não possuem área doadora para o transplante capilar ou que, por algum motivo, não desejam ou não podem se submeter ao tratamento cirúrgico podem hoje optar por essa técnica. A micropigmentação também pode ser realizada em pacientes cujo cabelo é fino para dar uma aparência de maior densidade capilar.

2002

A micropigmentação capilar foi desenvolvida por Ian Watson and Ranbir Rai-Watson. Após o falecimento do irmão por cancer, Ian Watson apresentou um quadro de alopecia areata total (queda de todo o cabelo do corpo e couro cabeludo). A então esposa do irmão falecido começou a procurar uma solução para o problema do cunhado. Foi quando os dois juntos iniciaram o desenvolvimento da técnica de micropigmentação capilar, em 2002.

2005

A micropigmentação passou a ser oferecida ao público em 2005, após 3 anos de testes e aprimoramentos.

2018

Hoje, 16 anos após o surgimento da técnica, consiste em um dos procedimentos mais realizados nos EUA e Europa para camuflagem da calvície.

TÉCNICA REALIZADA POR MÉDICOS

O grande diferencial da Clínica Regis é que a técnica é realizada por médicos e consiste na deposição de pigmentos na pele através de micropunturas feitas por agulhas finas no couro cabeludo. Por meio de uma associação específica entre pigmentos, profundidade de aplicação e tamanho dos depósitos cria-se uma ilusão de pequenos foliculos capilares.

O tratamento consiste em 2 sessões nos casos de adensamento e 3 sessões nos casos de pigmentação de todo o couro cabeludo. O tempo de duração do procedimento varia entre 1 e 5 horas, dependendo da área a ser pigmentada.


Quer saber mais?

Ligue pra gente:

31 3274-4487 31 98478-6715

Ou preencha o formulário que entraremos em contato: